Dicas: Imagem com o ciclo de vida da malária

Posted on

Provocada pela giardia ( flagelado que parasita o intestino humano, causa fortes diarreias, podendo levar a desidratação.

A maioria deles é aquático de vida livre, mas alguns são parasitas e vivem dentro do corpo de outros seres vivos, inclusive dos humanos. Os representantes mais comuns dos sarcodíneos são as amebas, sendo em sua maioria de vida livre e habitando água doce. A maioria desses organismos tem vida livre. Algumas espécies são parasitas, como: Os protozoários esporozoários pertencem ao filo Apicomplexa, eles não possuem estrutura locomotora. Podem viver isolados ou formar colônias, ter vida livre ou associar-se a outros organismos, e habitam os mais variados tipos de ambiente. esta classe organismos como o Tripanossoma, um parasita do sangue de mamíferos, “Classe Flagellata - São organismos com locomoção por meio de flagelos. Ex: Tripanossoma; Classe Rhizopoda - apresentam locomoção variada, por intermédio de pseudópodes, entre outros; Classe Ciliophora – Organismos cuja locomoção se realiza por intermédio de cílios. Normalmente os parasitos são específicos dos hospedeiros, mas existem espécies de parasitas que conseguem se instalar em duas ou mais espécies de hospedeiros durante o seu ciclo de vida.

Ciclo de vida da Giardia lamblia

  • Hospedeiro definitivo (H.D.) indivíduo onde o parasita se reproduz sexuadamente. Em geral, é um vertebrado. Exemplos

Os bodonidos são organismos que vivem de forma livre em ambientes marinhos ou dulçaquícolas ricos em matéria orgânica.

Eles podem viver na água ou como parasitas na parte interior do corpo dos animais. Protozoários de vida livre vivem na água, em solos úmidos etc, se alimentando de outros microrganismos e não parasitam organismos. Essas proteínas pertencem à classe das chamadas heat-shock proteins, que também são produzidas pelo hospedeiro do parasita – em geral, roedores e seres humanos. O ciclo continua quando outras moscas não contaminadas se alimentam de sangue das pessoas que possuem o tripanossoma na corrente sanguínea. O tricomonas é um parasita eucariota flagelado que possui quatro ou cinco flagelos e membrana ondulante. Mesmo em casos nos quais a pessoa portadora da doença, não apresenta sintomas, ela pode transmitir a infecção. Esse parasita também considera o intestino humano um bom lugar para viver. Protozoários são seres unicelulares que possuem a capacidade de se deslocar pelo organismo e podem se encontrados no solo, na água, em outros seres vivos e até em insetos. Já no ciclo de vida dominante diplóide os organismos 2n sofrem meiose para que assim então produzam gametas n, que se fundirão em um indivíduo zigótico 2n.

Imagem com o ciclo de vida da malária

  • Giardia,
  • Amebas,
  • Toxoplasma,
  • Cryptosporidium,
  • Sarcocisto,
  • Blastocisto, etc.

Por último temos o ciclo de vida co-dominante haplóide-diplóide (haplo-diplo), que apresenta uma geração assexuada (n ou 2n) que se alterna com uma outra geração sexuada (2n ou n).

Legenda: cinetoplasto (ctp): cinetossoma (cts); flagelo (F); flagelo livre (Fl); núcleo (N); membrana ondulante (MO) Amastigota – Possui uma forma arredondada a oval e mede à volta de 5 µm. A transmissão da doença é feita pelo mosquito Anopheles que possui no seu organismo protozoários do gênero Plasmodium. Apresentam grande variedade de formas e ocupam ambientes úmidos (os que têm vida livre) ou o interior de outros organismos. Já foram classificadas no reino vegetal, pela semelhança com as células vegetais, mas como são organismos mais simples e não possuem tecidos organizados, foram reagrupadas no reino protista. Sabe-se que cada gênero e espécie possuem determinadas características que fazem com que sejam ora brandos, ora agressivos. Os tipos de vida desses parasitas podem ser livre, exo ou endoparasitas. Estrutura e Fisiologia As estruturas e fisiologia das células dos protozoários são bastante similares às das células de organismos multicelulares. Ex: Amoeba proteus de vida livre (cursos de água e lagoas de água limpa); Entamoeba histolytica éo mais importante rhizópoda que parasita o ser humanos. A maioria éde vida livre, vivendo em todos os tipos de água doce e hábitats marinhos, mas alguns são comensais ou parasitas.

Veja outras imagens da doença causada pelo parasita Leishmania:

  • Ascaris lumbricoides,
  • Giardia lamblia,
  • Tripanossoma.

Nos coanoflagelados, há uma espécie de colarinho que serve para a captura de partículas alimentares; têm estrutura muito semelhante aos coanócitos, células típicas das esponjas.

todas as células do talo possui nas suas células metade do genoma da espécie. Essa espécie é responsável por mais de 40% de todos os casos de malária registrados no mundo e por mais de 95% de todas as mortes causada por essa doença. (I) (II) (III) (IV) b) Qual Classe apresenta protozoários exclusivamente parasitas? São encontrados no solo ou em ambientes aquáticos, podendo ser de vida livre, parasitas ou associados a outros seres, como os corais. Foraminíferos: Os organismos deste grupo possuem uma carapaça externa com perfurações pelas quais são projetados os pseudópodes utilizados na captura de alimento, locomoção e fixação em substratos. Nós seres humanos, existem dois tipos de parasitas intestinais que podem viver no intestino: Alguns permanecem no intestino, outros saem e invadem os órgãos vizinhos. Algumas doenças causadas por parasitas ocorrem através de vetores, que são organismos que podem estar infectados com o parasita e que serão responsáveis por transmiti-lo ao hospedeiro final. Causada por um protozoário flagelado, Giardia lamblia, é uma doença distribuída por todo o planeta e que causa gastroenterite e duodenite – infecções do estômago e do duodeno. Grande parte dos helmintos é de vida livre, enquanto alguns são parasitas.

Helmintos são metazoários, parasitos de animais, vegetais ou de vida livre, pertencentes a quatro filos, mas somente os dois filos descritos a seguir possuem importância para a parasitológica médica:

Esses papeis distintos do homem no ciclo de vida do parasita determinam diferentes quadros clínicos, ambos podendo ser causados pelo mesmo organismo.

Estes parasitas têm um ciclo de vida complexo, que inclui dois hospedeiros: o homem e mosquitos do género Anopheles (figura 6). Dentre eles, a classe Insecta é que mais sucesso apresenta. Há um tipo de relação ecológica em que os dois organismos são beneficiados, mas não precisam dessa relação para sobreviver: trata-se do mutualismo facultativo ou protocooperação. b) Qual Classe apresenta protozoários exclusivamente parasitas? e apresentam em seu ciclo de vida apenas duas formas evolutivas: a forma promastigota, Os protozoários podem ter vida livre, sendo encontrados em água doce, solos úmidos e mares, ou ainda serem parasitas, inclusive do ser humano. Ciclo de vida Dependendo da sua atividade fisiológica, algumas espécies possuem fases bem definidas. Os helmintos causadores de doença intestinal mais comuns são: • Nematoides: • Trematódeos: • Cestódeos: Cada parasito apresenta uma quadro clínico próprio, muitas vezes bem diferentes uns dos outros. Os protistas podem ainda ter adaptações de forma e estrutura de acordo com o seu modo de vida: parasita, ou de vida livre.

Doença de Chagas – protozoário flagelado tripanossomo… Trypanosoma cruzi (transmitido por um vetor – inseto barbeiro).

Alguns protozoários deste grupo podem viver livre na

Caracterize cada Filo 04) As amebas podem ter vida livre ou serem parasitas. _________________________________ 10) Sobre o ciclo de vida do “ Plasmodium vivax” , responda: a) A fase sexuada do protozoário ocorre no mosquito ou no homem ? Publicidade Possui dois vacúolos pulsáteis (contráteis) que se encarregam da eliminação do excesso de água que entra na célula e também da excreção. Protozoários parasitas do homem espécie classe doença sintomas transmissão Entamoeba histolytica (monoxeno) Rizópode amebíase ulcerações intestinais, diarreia, colite, enfraquecimento. Giardia Lamblia: exemplo de flagelado Introdução Também conhecidos como mastigóforos, os flagelados formam um grupo heterogênio de protozoários. Características principais - Possuem um ou mais flagelos durante um ou todos os ciclos de vida. Ciclo biológico e ação do parasita sobre o hospedeiro vertebrado- Humanos. O ciclo biológico do Plasmodium no ser humano se inicia quando uma fêmea do mosquito Anopheles, parasitada com esporozoítos, inocula o protozoário durante o repasto sanguíneo no hospedeiro vertebrado. Uma vez transferida para o corpo humano, a infecção viaja até o fígado, onde se multiplica e entra nas células vermelhas do sangue.

Caracterização das principais ordens da classe Insecta: Thysanoptera. Ordem Acari da classe Arachnida.

Este protozoário apresenta várias formas morfológicas dependendo do hospedeiro em que está alojado (vertebrado ou invertebrado) e do estágio evolutivo de seu ciclo biológico.

Ciclo biológico e ação do parasita sobre o hospedeiro vertebrado. O ciclo biológico do Trypanosoma cruzi no hospedeiro vertebrado tem início quando um Triatoma (barbeiro), durante ou logo após o repasto sanguíneo, urina e defeca no local da picada. Dessa forma, Chagas conseguiu estabelecer o ciclo da doença, que era passada de certos vertebrados para o ser humano pelo vetor, o inseto conhecido como barbeiro. É causada pelo protozoário binucleado multiflagelado da espécie Giardia intestinalis ou Giardia lamblia, parasita monoxênico que se adquire pela ingestão de cistos presentes na água e em alimentos (principalmente verduras). O agente etiológico é o protozoário ciliado da espécie Balantidium coli, parasita heteroxênico transmitido pela ingestão de cistos que contaminam água, alimentos e mãos. Também chamada úlcera de Bauru, é causada por protozoário flagelado do gênero Leishmania (no Brasil, L. braziliensis é a espécie mais comum). Também chamada calazar, seu agente etiológico é o protozoário flagelado do gênero Leishmania (em toda a América Latina, inclusive no Brasil, L. chagasiéa espécie predominante). Podem viver como parasitas ou ter vida livre, habitando os mais variados tipos de ambiente. Muitos flagelados tem vida livre, outros são parasitas e ocasionam doenças no homem.

Qual desses gêneros de protozoários parasitas possui em sua estrutura flagelos? 1.Naegleria. 2.Entamoeba. 3.Giárdia. 4.Endolimax. 5.Iodamoeba.

Provocada pela giárdia (Giardia lamblia), flagelado que parasita o intestino humano, a doença geralmente causa fortes diarréias, podendo levar o doente à desidratação.

Publicidade Há protozoários de vida livre e parasitas, inclusive do homem. O parasita pode viver muitos anos em seu hospedeiro sem lhe causar grandes malefícios, ou seja, sem prejudicar suas funções vitais. Esta espécie é capaz de sobreviver tanto dentro (na forma parasita) quanto fora (vida livre) de outro organismo vivo. É o caso das larvas de moscas que podem desenvolver-se tanto em feridas necrosadas (como parasitas) ou em matéria orgânica em estado de decomposição (como larvas de vida livre). Giardia lamblia Introdução É o protozoário flagelado causador da giardíase. Os cientistas que atuam nesta área estudam o ciclo de vida dos parasitas, doenças transmitidas, formas de combate aos parasitas humanos, genética e morfologia destes seres. CICLO DE VIDA: Taenia sollium (porco) Classe Trematodas, (providos de ventosas) são ecto e endoparasitos. Ela entra no organismo humano por meio de alimentos ingeridos que foram mal lavados e continham os cistos (forma que o protozoário adota quando está fora de um organismo). [continue lendo sobre Doença de Chagas] É causada pelo protozoário Giardia lamblia, encontrado forma cística em alimentos e na água contaminada.

Qual a classe de protozoários formados por organismos exclusivamente parasitas?

[continue lendo sobre Leishmaniose] Uma doença histórica, é transmitida pelo mosquito Anopheles que possui em seu organismo protozoários do gênero Plasmodium.

Podem viver como parasitas ou ter vida livre, habitando os mais Muitos flagelados tem vida livre, outros são parasitas e lamblia), flagelado que parasita o intestino humano, a doença A giardíase, ou giardiose, é uma doença intestinal causada pelo protozoário flagelado Giardia lamblia. A face ventral é côncava, possuindo uma estrutura semelhante a uma ventosa (disco ventral, adesivo ou suctorial), possui dois núcleos, quatro pares de flagelos que se originam das bases. Já a mucocutânea apresenta semelhanças com a espécie anterior, porém manifesta danos mais profundos na pele, que atingem igualmente as mucosas da boca, do nariz ou das partes genitais. A malária é uma doença infecciosa, de espécie aguda ou crônica, transmitida pelo mosquito Anopheles, que hospeda os protozoários parasitas do gênero Plasmodium. A malária da espécie P.falciparum, a mais maligna, apresenta sintomas como dores de cabeça, cansaço, febre e náuseas, que podem durar vários dias. Possui cinco flagelos, corpo parabasal, filamento parabasal e apresenta granulações citoplasmáticas muito aparentes.

  • Hartmanella – protozoário ameboide de vida livre (presente em água doce).

  • Acanthamoeba – ameba de vida livre (presente em água doce). Fisiopatologia e Ciclo de Vida do Tripanossoma cruzi A doença de Chagas é uma zoonose, ou seja, o protozoário infecta diversos animais na natureza e acidentalmente o homem. A forma comum de transmissão da doença de Chagas é pela penetração do protozoário, presente nas fezes do barbeiro, quando existem lesões na pele da pessoa. A característica sintomatológica mais marcante da malária é a ocorrência de calafrios e acessos febris a intervalos regulares, cuja duração depende da espécie de Plasmodium que está provocando a doença. Giardia lamblia É causada pelo flagelado Giardia lamblia, possivelmente o primeiro protozoário intestinal a ser conhecido. Ciclo de vida da ameba e Profilaxia Também chamada tricomonose, é causada pelo flagelado Trichomonas vaginalis, que vive no sistema urogenital masculino e feminino. O ciclo de vida da malária começa assim que um mosquito Anofeles infectado infecta uma pessoa com um dos quatro tipos de parasitas plasmodium que causam a malária. 08) A doença de Chagas é causada pelo ‘Tripanosoma cruzi’, um protozoário presente nas fezes do barbeiro. Apesar de serem organismos de vida livre, na maioria dos casos, alguns protozoários são parasitas de animais e dos seres humanos. O agente causador da giardíase é o protozoário flagelado Giardia lamblia, cujos cistos são eliminados nas fezes das pessoas contaminadas. Uma doença que pode ser causada por protozoário é a Malária, causada pelo parasita da malária.Fungos – Os fungos podem causar diversas doenças, como cândida e micoses. A pesquisa consiste no desenvolvimento de cepas de Eimeria, o parasita que provoca a doença com o seu ciclo de vida abreviado. O abreviamento do ciclo do parasita pode chegar a 20% do tempo normal, com variações que dependem da espécie. Existem espécies de vida livre e parasitas, e muitos destes causam doenças sérias ao homem. A giardíase é uma infecção do intestino delgado causada pela Giardia lamblia, um parasita unicelular.