Ciclo de vida do Ascaris lumbricoides

Posted on

O organismo do hospedeiro é o meio que o parasita utiliza para poder sobreviver e consequentemente concluir seu ciclo vital.

Parasito Acidental: são parasitas que acidentalmente vive em um hospedeiro que não é usual, por exemplo: parasita Dipylidium caninum. Hospedeiro Definitivo: quando o parasita está abrigado em sua forma adulta ou em fase reprodutiva, onde ocorre reprodução sexuada. Ciclo heteroxênico: quando existe a participação de um hospedeiro intermediário, onde ocorre parte de seu ciclo. •    Ciclo direto partenogenético: As fêmeas parasitas põem ovos, que, ainda no intestino do doente, liberam larvas. •    Ciclo indireto: No solo, as larvas podem originar machos e fêmeas de vida livre, os quais copulam e põem ovos. brincam Escólex (cabeça) da tênia solium O que é Tênia é o nome que se dá a uma espécie de parasita que se hospeda no intestino dos vertebrados. Tênia Solium e Saginata A Tênia solium e a Tênia saginata são as mais conhecidas, e, na fase adulta, parasitam no intestino delgado do homem (seu hospedeiro definitivo). Antes de chegar ao intestino delgado do homem, ela passa por hospedeiros intermediários, que são o boi (Tênia saginata) e o porco (Tênia solium). Os nematelmintos mais conhecidos são, sem dúvida, as lombrigas (Ascaris lumbricoides), parasitas do homem e também de outros animais, como o porco.

O esquema acima mostra o ciclo do Nitrogênio desde sua apresentação na atmosfera, sua fixação nas raízes através de bactérias, até a devolução para atmosfera fechando assim o ciclo.

  • Hospedeiro definitivo (H.D.) indivíduo onde o parasita se reproduz sexuadamente. Em geral, é um vertebrado. Exemplos

A esse deslocamento do verme pelo organismo do hospedeiro dá-se o nome decircuito hepático-cárdio-pulmonar ou ciclo de Looss, em homenagem ao seu descobridor.

Ciclo de Ascaris lumbricoides As larvas podem provocar lesões hepáticas ou pulmonares, com focos hemorrágicos e de necrose. Ciclo de vida do Ancylostona duodenale Os principais problemas do hospedeiro serão no intestino. Em relação ao seu ciclo de vida, é um parasita monoxeno e de infestação passiva, sendo transmitido pela ingestão de água e alimentos contaminados com ovos do verme. Ciclo de Vida do Wuchereria bancrofti O grupo dos vermes cilíndricos inclui uma série de outros representantes parasitas. Podem ser desta-cados: ● Ancylostoma braziliensis é parasita intestinal de cães e gatos e, quando eventualmente atinge o homem não completa seu ciclo, realizando migrações cutâneas. Os parasitas que necessitam de apenas um hospedeiro, sempre da mesma espécie ou de espécies muito próximas, para completar seu ciclo biológico são chamados de: (Ciclo heteroxênico); – Hospedeiro intermediário /vetor: barbeiro; –  Hospedeiro definitivo: o homem; – Profilaxia: melhoria das condições de moradia; combate ao “barbeiro”; seleção dos doadores de sangue. Os parasitos obrigatórios são todos aqueles que, em qualquer momento de seu ciclo evolutivo, perecem se afastados do organismo do hospedeiro. São exemplos desse tipo de parasito as pulgas, os piolhos e os mosquitos.O ciclo vital de um organismo parasito pode se desenrolar em um ou mais hospedeiros.

Ciclo de vida do Ascaris lumbricoides

  • Completa seu ciclo em apenas 1 hospedeiro, não tem larva

Quando o ciclo evolutivo abrange mais de um hospedeiro, o parasito é denominado heteróxeno.

Ex: o hospedeiro do Ascaris lumbricoides é o ser humano Hospedeiro Definitivo: é o que apresenta o parasito em fase de maturidade ou em fase de atividade sexual. Parasito Facultativo: É o que pode viver parasitando, ou não, um hospedeiro (nesse último caso, isto é, quando não está parasitanto, é chamado vida livre). apenas um hospedeiro está envolvido; e ciclo heteroxênico, quando dois ou mais PARASITAS HETEROXENOS: Passam por dois tipos de hospedeiro: Hospedeiro intermediário: no qual o parasita se reproduz de maneira assexuada; Hospedeiro definitivo: no qual o parasita se reproduz de maneira sexuada. Agente causador (etiológico): Entamoeba histolytica1) DOENÇAS CAUSADAS POR SARCODÍNEOS 1.1) Amebíase Agente causador (etiológico): Entamoeba histolytica Ciclo: Homem infectado (Trofozoítos no intestino) Água e alimentos contaminados Cisto nas fezes 3 Agente causador (etiológico): Balantidium coli2) DOENÇAS CAUSADAS POR CILIADOS 2.1) Balantidiose Agente causador (etiológico): Balantidium coli Ciclo: Homem infectado (Trofozoítos no intestino) Água e alimentos contaminados Cisto nas fezes 5 Monoxenos ou monogenéticos são os parasitas que realizam o seu ciclo evolutivo em um único hospedeiro. Exemplos: o Ascaris lumbricoides (lombriga) e o Enterobius vermicularis (oxiúrio). Alguns parasitas apresentam um único hospedeiro em seu ciclo de vida.

Ciclo de vida da tênia

  • Hospedeiro definitivo
  • Aquele no qual o parasita tem a sua forma adulta ou vida reprodutiva (reprodução sexuada)
  • Hospedeiro Intermediário
  • Aquele em que o parasita vive em estado larvar (reprodução assexuada)

Os parasitas heteroxenos têm mais de um hospedeiro em seu ciclo de vida.

Quanto ao tempo de duração do parasitismo defina: parasitas temporários ou intermitentes Quanto ao requerimento de uma vida parasitária: parasitas obrigatórios, facultativos e parasita acidental. Sobre o parasita do Gênero Trypanosoma: morfologia do parasita, ciclo de vida, patogenia, controle e tratamento dos Trypanosoma vivax, T. evansi, T. Equiperdum, T. cruzi. ciclo ocorre em 1 hospedeiro; Heteroxeno= ciclo ocorre em mais de 1 hospedeiro; Eurixeno=hospedeiros são encontrados em especies distantes da escala zoológica; Hospedeiro definitivo= onde o parasito completa o ciclo de vida ou se reproduz de forma O aparecimento e a instalação das diversas parasitoses (doenças causadas por parasitas) estão bastante relacionados com o subdesenvolvimento de um país e seu ciclo doença e pobreza. Um exemplo é o conceito de vetor.Alguns parasitas são transmitidos de um hospedeiro ao outro por um veículo como aágua ou alimentos que contenham os ovos e/ou larvas desses organismos. Outro importante conceito relacionado ao ciclo de vida dos parasitas que precisaser pontuado é o de reservatório. Exemplos de parasitas que causam açãoespoliativa no hospedeiro são os ancilostomídeos. Este parasita precisa,obrigatoriamente, infectar o homem para conseguir completar seu ciclo de vida.

O Ascaris lumbricoides é um parasita estenoxeno, pois admite apenas o homem como hospedeiro para completar seu ciclo de vida.

Dessa forma, seu ciclo biológico é inteiramente parasitário.Nesse sentido, tanto nos casos de parasitismo temporário, ou no de parasitismopermanente, o parasita pode completar seu ciclo de vida em um hospedeiro. Sendo assim ,quando o parasita precisar de um hospedeiro para concluir seu ciclo biológico, e estepuder ser escolhido entre uma variedade de espécies, chamamos de parasitaseurixenos. Toda vez que um único hospedeiro for necessário para que o parasita complete oseu ciclo, dizemos que o mesmo é monoxeno. Os parasitas estenoxenos sempre completam seu ciclo namesma espécie de hospedeiro, já os parasitas monoxenos completam seu ciclo em umúnico hospedeiro, não importando a espécie. Ele também pode ser monoxeno, porém, eurixeno, issosignifica que ele completa seu ciclo em apenas um hospedeiro (monoxeno), mas quepode ser escolhido entre diferentes espécies (eurixeno). O Ascaris e o Trichuris são parasitas que produzem ovos, que são liberados parao meio externo, juntamente, as fezes do hospedeiro e resistem às condições encontradasno solo. Estes parasitas possuem então um ciclo de vida monoxeno. Dentre os parasitas que realizam ciclo heteroxeno, alguns podem apresentar umafase de vida livre. O Schistosoma mansoni, é um parasita com ciclo de vida heteroxeno e, também,apresenta uma fase de vida livre.

Alguns dos parasitas que apresentam ciclo de vida heteroxeno, possuem formasresistentes no meio exterior.

34 A Taenia saginata apresenta um ciclo de vida heteroxeno com formas mais resistentes no meio exterior, as proglótides. Por fim, alguns parasitas podem ainda apresentar ciclo heteroxeno, sem fase devida livre e formas resistentes. Normalmente os parasitos são específicos dos hospedeiros, mas existem espécies de parasitas que conseguem se instalar em duas ou mais espécies de hospedeiros durante o seu ciclo de vida. Os parasitas obrigatórios são todos aqueles que, em qualquer momento de seu ciclo evolutivo, perecem se afastados do organismo do hospedeiro. Heteróxenos ou digenéticos são os parasitas que só completam o seu ciclo evolutivo passando pelo menos em dois hospedeiros são exemplos o esquistossomo e o tripanossoma. Um aspecto interessante do ciclo biológico desse helminto é que quando o hospedeiro próprio apresenta-se com forte deficiência de vitamina a ou está muito debilitado atingindo fígado onde. Ciclo biológico esse helminto pode apresentar dois tipos distintos de ciclo: parasita heteroxenico – hd= homem e hi= flebotomíneo “mosquito-palha” 3. Significado de heteróxeno o que é heteróxeno: heteróxeno ciclo de vida em que o parasita apresenta mais de um hospedeiro, geralmente um hospedeiro definitivo. Significado de monoxênico o que é monoxênico: quando o parasita tem apenas um hospedeiro para fechar o ciclo biológico.

Parasita monoxênico: possui apenas um hospedeiro, em que completa o seu ciclo evolutivo ( ciclo de vida.

Pode-se dizer que o boi e o porco são os hospedeiros intermediários da tênia e que o ser humano é seu hospedeiro definitivo.
Toxoplasma gondii) Tipo de ciclo biológico •Monoxenos – Parasitos exigem somente um hospedeiro, sem necessidade de hospedeiro intermediário . Alguns parasitas, chamados monoxênicos(monóxenos), completam seu ciclo de vida em um hospedeiro. Porém, há outros parasitas, chamados heteroxênicos (heteróxenos) que precisam de mais de um hospedeiro para completarem seus ciclos de vida.
Pode-se dizer que o boi e o porco são os hospedeiros intermediários da tênia e que o ser humano é seu hospedeiro definitivo.
Toxoplasma gondii) Tipo de ciclo biológico •Monoxenos – Parasitos exigem somente um hospedeiro, sem necessidade de hospedeiro intermediário . Alguns parasitas, chamados monoxênicos(monóxenos), completam seu ciclo de vida em um hospedeiro. Porém, há outros parasitas, chamados heteroxênicos (heteróxenos) que precisam de mais de um hospedeiro para completarem seus ciclos de vida.
é seu hospedeiro definitivo.
Toxoplasma gondii) Tipo de ciclo biológico •Monoxenos – Parasitos exigem somente um hospedeiro, sem necessidade de hospedeiro intermediário . Alguns parasitas, chamados monoxênicos(monóxenos), completam seu ciclo de vida em um hospedeiro. Porém, há outros parasitas, chamados heteroxênicos (heteróxenos) que precisam de mais de um hospedeiro para completarem seus ciclos de vida.